Com este post, desisto oficialmente do wordpress. Poderia perder meu tempo explicando por que esse software é escroto, mas depois de passar quatro seguidos anos pelo mesmo problema, desisto. Volto feliz para aos geradores estáticos, e talvez consiga escrever com mais frequência.